União gasta R$ 3,3 bilhões com diárias e passagens em 2023, maior valor desde 2014

A União gastou R$ 3,3 bilhões em 2023 com diárias e passagens e locomoção. Esse é o maior valor real (corrigido pela inflação) desde 2014, ou seja, 9 anos. Os dados constam no último relatório do resultado primário do Tesouro Nacional.

A despesa do último ano aumentou 29,2% em comparação com 2022, quando somou R$ 2,6 bilhões. A despesa caiu para as mínimas históricas em 2020 e 2021, quando houve a pandemia de covid-19 –que reduziu o fluxo de pessoas em aviões.

O governo gastou R$ 1,2 bilhão em 2020 e R$ 1,3 bilhão em 2021. Houve crescimento de 96,2% em 2022. Continuou em expansão sob o governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

As máximas históricas foram registradas no governo Dilma Rousseff (PT). Em 2014, as diárias e passagens somaram R$ 4,1 bilhões a preços atuais. Havia sido de R$ 4 bilhões em 2013. Os dados mais antigos são de 2011.

ESTRATIFICAÇÃO

As diárias em 2023 somaram R$ 1,9 bilhão. Havia totalizado R$ 1,4 bilhão em 2022. A alta foi de 36,8%. Já as passagens e locomoção aumentaram de R$ 1,2 bilhão para R$ 1,4 bilhão, um crescimento de 16,6%.

Poder 360

Posts Recentes
Formulário

Quer receber noticias ?

Preencha com seu E-mail, WhatsApp e vamos te enviar novidades

Compartilhe nas redes sociais

Artigo relacionados