Exército é homenageado em sessão solene na Assembleia Legislativa

Crédito da(s) Foto(s):João Gilberto
A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte realizou sessão solene na manhã desta segunda-feira (17) em homenagem ao Dia do Exército Brasileiro, comemorado em 19 de abril. A homenagem proposta pelo deputado Coronel Azevedo (PL), contou com a participação de autoridades militares do Estado. Falando em nome dos parlamentares, Coronel Azevedo discursou enaltecendo a importância do Exército, principalmente nas ações de enfrentamento à seca, construção e manutenção de estradas, e socorro em desastres ambientais.

Segundo-tenente do Exército no fim dos anos 1980, Coronel Azevedo ressaltou o carinho que nutre pela instituição. “Possuo uma identificação muito forte, porque servi o Exército, essa instituição de Estado tão importante e que nutre o sentimento de soberania Nacional em nosso povo. Enaltecemos esse exército de hoje e renovamos a certeza do seu compromisso de defender a pátria, a soberania e a liberdade do povo Brasileiro. Esta Casa legislativa sente-se orgulhosa em homenagear essa instituição tão forte e tão grande e que tanto fez e faz pelo povo Potiguar”, disse Coronel Azevedo, ao abrir a sessão solene.

Falando em nome do Exército, o general Erb Lyra Leal, comandante da 7ª Brigada de Infantaria Mostorizada, historiou sobre a importância do Exército em diversas ações no País, além da defesa da soberania nacional, em especial no Rio Grande do Norte. “A história do Exército no Rio Grande do Norte é marcada pela bravura e coragem do nosso herói Felipe Camarão, que, com honra defendeu o Brasil nessa terra potiguar. O exército brasileiro não enxerga cor da pele, gêneros, posses, ou a fé professada e sim irmãs e irmãos unidos em um só ideal de liberdade”, disse.

O Dia do Exército é celebrado em memória à Batalha dos Guararapes, que ocorreu em 19 de abril de 1648, no estado de Pernambuco. A data é marcada pela primeira luta dos povos do Brasil contra a dominação holandesa, em 1648, que contou com a reunião de portugueses instalados no Brasil, indígenas, como Filipe Camarão, e negros como Henrique Dias, em torno do projeto de expulsar os holandeses calvinistas, permitir a prática da religião católica e devolver o Brasil ao rei de Portugal. Desde então, o Exército teve papel importante em vários momentos da história brasileira.

Durante a solenidade foram entregues placas comemorativas as seguintes autoridades: general de brigada Erb Lyra Leal – comandante da 7ª Brigada de Infantaria Motorizada; Tenente Coronel Mauri Sávio Araújo Vasconcelos – 1º Batalhão de Engenharia de Construção; Tenente Coronel Manoel Nascimento de Sousa Júnior –7º Batalhão de Engenharia de Combate; Coronel André Gianasi Júnior – 15º Batalhão de Infantaria Motorizado; André Luiz de Melo Franco – 16º Batalhão de Infantaria Motorizado; Tenente Coronel Renato Macedo Bione da Silva – 17º Grupo de Artilharia de Campanha; Tenente Coronel Pablo Moura Pinheiro – 31º Batalhão de Infantaria Motorizado; Caciano de Oliveira Júnior – Base Administrativa da Guarnição de Natal; Major Pedro Henrique Nascimento Damasceno – Companhia do Comando da 7ª Brigada de Infantaria Motorizada e o Tenente Coronel André Guimarães Gurgel – Hospital da Guarnição de Natal.

Posts Recentes
Formulário

Quer receber noticias ?

Preencha com seu E-mail, WhatsApp e vamos te enviar novidades

Compartilhe nas redes sociais

Artigo relacionados