Dino e Fátima de mãos dadas para celebrar o caos no RN?

O ministro da Justiça, Flávio Dino, visitou o Rio Grande do Norte para ajudar a melhorar a imagem do governo estadual em relação à segurança pública, após uma sabatina vergonhosa na CCJ da Câmara dos Deputados. Apesar dos dois subirem a rampa da governadoria de mãos dadas, essa postura pareceu mais uma cena midiática do que uma demonstração real de cooperação entre os governos federal e estadual na luta contra as facções.

Embora os ataques tenham cessado após 14 dias de terrorismo, resta saber como os governos federal e estadual vão lidar com as consequências do descontrole na segurança pública. Empresários, comerciantes e empreendedores sofreram prejuízos decorrentes das ações criminosas que o governo se recusa a rotular como terrorismo.

O povo do Rio Grande do Norte está mais interessado em saber se haverá uma repetição do que aconteceu nas últimas semanas e se as forças de segurança agirão com mais vigor para evitar novos ataques. Com a economia local já fragilizada, a população não pode arcar com mais uma conta decorrente da falta de segurança pública. Portanto, abraços e carinhos não são suficientes para tranquilizar o povo potiguar neste momento de crise.

Posts Recentes
Formulário

Quer receber noticias ?

Preencha com seu E-mail, WhatsApp e vamos te enviar novidades

Compartilhe nas redes sociais

Artigo relacionados