Dia do Professor: Assembleia faz homenagem e ressalta importância dos educadores

Educar é semear com sabedoria e colher com paciência”. A frase do professor, escritor e psiquiatra brasileiro Augusto Cury foi utilizada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), para iniciar seu discurso em homenagem aos educadores na tarde desta quinta-feira (19), em Sessão Solene em alusão ao Dia do Professor. Proposta pelo mandato do deputado Francisco do PT e dividida com todos os demais parlamentares, a solenidade reuniu educadores que deixaram suas marcas na educação do Rio Grande do Norte e do país.

Celebrado no dia 15 de outubro, o Dia do Professor foi uma forma encontrada para homenagear a profissão que, nas palavras de Francisco do PT, é, se não a mais, uma das mais importantes da sociedade. O dia 15 de outubro foi escolhido em referência à data de sanção da de uma lei, em 1827, que estabeleceu a construção em todas as cidades, vilas e povoados de escolas primárias de ensino elementar, chamadas de “Escolas de Primeiras Letras”. A data foi oficializada e declarada como feriado escolar pelo Decreto Federal nº 52.682 de 14 de outubro de 1963.

Na homenagem da Assembleia Legislativa, os deputados estaduais indicaram profissionais que deixaram a marca na educação potiguar, seja no ensino fundamental, seja na educação de ensino médio ou superior, como forma de enaltecerem o papel fundamental na educação e formação de crianças, jovens e adultos no país.

“É uma das sessões mais apreciadas. Afinal, trata-se de um momento em que homenageamos profissionais que habitam um mundo em que a interioridade faz a diferença”, disse o deputado Ezequiel Ferreira, que discursou em nome dos deputados estaduais.

O presidente do Legislativo definiu os professores como profissionais que professam a crença na pessoa humana e “torna-se gerenciador dos sonhos, abre as janelas das possibilidades”. O deputado destacou o papel dos educadores, que ajudam os alunos a colocarem para fora o que têm de melhor e fez uma análise do momento da profissão. Para Ezequiel, não há possibilidade de que os professores sejam substituídos, mesmo em tempos de inteligência artificial.

“Homenagear é difícil, mas quando vemos a lista, são eles sinônimos de dedicação e esmero. Suas biografias transcendem suas áreas de atuação. Nossas honras aos grandes professores que nunca deixaram se levar pela insensibilidade. Esta sessão é uma merecida homenagem não só aos senhores, bravos professores e professoras, mas a essa classe que tanto dignifica a missão deixada por vocês, verdadeiros mestres, professores que se tornaram verdadeiros educadores”, disse o presidente da Assembleia Legislativa.

Discursando em nome dos homenageados, o diretor da Escola da Assembleia, José Bezerra Marinho, agradeceu pela iniciativa da Assembleia Legislativa e pelo discurso do presidente Ezequiel Ferreira, que fez relato sobre a trajetória de todos os homenageados. Para Marinho, poucas profissões no mundo são síntese de tanta unanimidade quanto o professor que, também no entendimento do professor, são “os construtores dos futuro”.

“Eu agradeço por ter sido escolhido para falar em nome dos homenageados. O presidente falou sobre a questão da inteligência artificial e a impossibilidade do professor ser substituído. Ele tem razão. Não podemos ter uma educação de uma forma que a IA faça melhor. Decorar nomes de rios, afluentes, de países, locais… Fazer contas. O que a inteligência artificial jamais vai fazer é sentir, é ter o afeto”, disse José Bezerra Marinho.

Parafraseando juristas com quem conversou pelos corredores da Assembleia, ele disse que ouviu que “norma é somente tinta sobre o papel se ela não for permeada pelo sentimento humano”. “A mesma coisa se dá com o ensino. A inteligência artificial desenvolveria curiosidade? Claro que não. Mas o professor tem o dever de estimular a curiosidade em seus alunos”, provocou, afirmando que “ensinar não é encher um vaso, e sim acender uma chama”.

Na solenidade, os deputados entregaram placas aos professores Aline de Medeiros Silva, Olavo Luiz Pimentel de Carvalho (in memoriam), José Bezerra Marinho, Rosália Carrilho Dantas da Silva, Celcimar Alves Câmara, José de Arimateia Silva, Edson Pereira Padilha, Luiz Hudson Guimarães, Maria de Lourdes Morais, Geralda Guedes de Miranda Dantas, Daladier Pessoa da Cunha Lima, Eloisa Varela Cardoso de Arruda, Antônio Alberto Cortez, Thereza Christina Barbosa de Medeiros, Felipe Lucas de Souza, Josivan Ribeiro do Monte, Ageu Teixeira Canário de Souza, Renimária Martins de Melo, Maria Nasaré da Silva Torres, Ana Núbia de Medeiros, José Iranilson da Silva e Ciane Vanessa Tomaz Santos Bezerra.

Posts Recentes
Formulário

Quer receber noticias ?

Preencha com seu E-mail, WhatsApp e vamos te enviar novidades

Compartilhe nas redes sociais

Artigo relacionados